Equipe do DF conquista vaga em Torneio Internacional de Robótica

final legofield corpo materia CRI1879

A equipe LegoField, da unidade Sesi Gama, conquistou uma das 24 vagas para as etapas internacionais de Robótica, temporada 2016/2017. Na tarde desse domingo (18/3), foi divulgado o resultado do Torneio Nacional de Robótica First Lego League (FLL), realizado no Sesi Taguatinga. Além da vaga para o internacional, a LegoField ganhou o troféu pela melhor apresentação do Projeto de Pesquisa. O Distrito Federal ainda foi premiado com a equipe Bisc8, do Sesi Sobradinho, que ficou em segundo lugar pelo design do robô.

As 24 equipes classificadas vão competir em festivais internacionais de robótica que serão realizados nos Estados Unidos, Dinamarca, Reino Unido e Austrália. O critério para distribuição das vagas foi o bom desempenho em diferentes categorias. A brasiliense LegoField vai disputar o Campeonato Aberto Internacional Reino Unido, que será na cidade britânica de Bath, entre os dias 21 e 25 de junho de 2017.final lego field corpo materia CRI1190

Esta será a segunda experiência internacional da LegoField, demonstrando a força da robótica do Sesi-DF. “Gratidão é a minha palavra de hoje. Esse resultado coroa um trabalho desempenhado no Sesi Gama e entendemos que estamos no caminho certo. A robótica traz mudança de vida, mudança de patamar do ensino”, declarou a diretora da unidade Sesi Gama, Susana Assunção.

A classificação para o internacional e o troféu pelo projeto é resultado de muita dedicação dos alunos e professores, que desenvolveram uma pesquisa para produzir órteses para animais com algum tipo de deficiência. “É a primeira vez que sobimos no palco para premiação do nacional, a segunda vez que somos classificados para o internacional e, ano que vem, viremos melhor ainda, quem sabe, com um troféu para o Brasil. Isso é tudo que queremos”, relata o técnico da LegoField, Atos Reis.

final robotica bisc 8 corpo materia CRI0779A equipe Bisc8, do Sesi Sobradinho, também saiu premiada. Eles receberam o troféu de segundo lugar pelo design do robô. “Nós estamos muito felizes pelo fato da nossa equipe ser estreante e ter chegando ao patamar que chegou e ganhar o troféu. Nosso objetivo era chegar no internacional, mas, mesmo assim, temos sensação de dever cumprido”, explica o técnico da Bisc8, Jonas Dias.

O Distrito Federal também foi representado por uma terceira equipe. A Albatroid, do Sesi Taguatinga, não recebeu nenhuma premiação, mas teve a oportunidade única de participar de um torneio nacional. “Foi muito bom esse torneio. Foi a primeira vez que participo de um nacional, é uma sensação incrível. Fazer tudo que a gente fez, da maneira que a gente fez, não precisava de troféu, eu já estou feliz por tudo que a gente passou. A classificação seria algo muito importante, mas com a Legofield representando o Brasil, a gente já está feliz”, declarou o competidor da Albatroid, Gabriel Antunes.final albatroid corpo materia CRI1888

Equipe internacional

A equipe Lego Field, classificada para o torneio internacional de robótica, preparou um projeto denominado “The Walking Pets”. Trata-se de uma plataforma virtual em que os donos de animais com algum tipo de deficiência locomotora possam solicitar a fabricação de órteses, de acordo com o tipo de limitação do seu animal. O serviço de desenvolvimento das órteses é totalmente humanitário e gratuito, oferecido por pessoas que, por meio da plataforma, fazem seus serviços de forma voluntária.

Ao postar na plataforma a deficiência ou dificuldade locomotora do pet, os voluntários fazem uma avaliação para depois ver a real necessidade do animal em ter uma órtese que facilite a locomoção dele. Após a análise, o diagnóstico fica disponível na plataforma, para que o voluntário possa avaliar que tipo de órtese o animal precisa e se ele tem condições para ajudá-lo.

A equipe chegou até este projeto após um trabalho de observação em feiras de doação de animais em que, apesar de existirem muitas tentativas para adotar bichos com algum tipo de deficiência física, não é de conhecimento público nenhuma medida eficaz que seja aplicada em larga escala e de forma gratuita para o tratamento e cuidado desses animais especiais.

A equipe constatou que a deficiência mais encontrada entre eles é a paralisia de membros. Foi observado, também pelos alunos, que, nas feiras de adoção, apenas 10% do total de bichinhos escolhidos para ganharem novos lares são pets que apresentam deficiência motora.

First Lego League

O Torneio de Robótica First Lego League (FLL) tem o objetivo de despertar o interesse pelas ciências, tecnologia, engenharia e matemática. Para isso, os alunos são inspirados e desafiados a pensar como cientistas e engenheiros. Os competidores, reunidos em equipes, buscam resolver problemas do mundo real. Além disso, planejam, projetam, constroem e programam robôs autônomos a partir da tecnologia Lego.

Robótica no Sesi-DF

O Sesi-DF oferece a todos os alunos do 6º ano ao Ensino Médio a opção de fazer Robótica no contraturno. São aulas ministradas por professores capacitados que estimulam o interesse dos jovens por áreas como química, física, matemática, engenharias e novas tecnologias. Durante esses encontros, as crianças e adolescentes aprendem brincando, por meio de uma forma de ensino inovadora.

Desde 2013, o Sesi é o operador oficial do Torneio de Robótica FLL, em parceria com a instituição norte-americana FIRST (For Inspiration and Recognition of Science and Technology) e o Grupo LEGO Education (Dinamarca).

Para outras informações, entre em contato com a Central de Atendimento, pelos telefones: (61) 3484-9617 para falar no Sesi Gama; (61) 3487-8613, no Sesi Sobradinho; e (61) 3355-9559, no Sesi Taguatinga.
 
Texto: Aline Reis
Foto: Cristiano Costa/Sistema Fibra
Assessoria de Imprensa do Serviço Social da Indústria do Distrito Federal (Sesi-DF) 

aplicativo conexao rt

cartilha esocial

BANNER CARTILHA LIXO 250x170px

banner pro site catalogo

Fibra News