Inscrições para o Inova Talentos estão abertas até julho

escritorio iel dfEmpresas, institutos públicos e privados de pesquisa e desenvolvimento, órgãos do governo e entidades do terceiro setor podem se inscrever até 31 de julho no programa RHAE Trainee – Inova Talentos. O objetivo é que as instituições apresentem projetos de inovação que estimulem a competitividade e o desenvolvimento científico e tecnológico no País.

O Inova Talentos é uma parceria do Instituto Euvaldo Lodi (IEL) com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Os núcleos regionais do IEL vão fazer a seleção e a capacitação de estudantes universitários, de graduados, de mestres e de doutores que vão apoiar as organizações na criação de projetos inovadores. Eles receberão bolsa durante 12 meses para execução do trabalho, custeada pela própria empresa.

Serão aceitas propostas que visem ao aumento da competitividade das empresas, por meio da inovação de produtos e processos, do sistema organizacional, do marketing e do modelo de negócios.

A coordenadora do IEL-DF, Érika Caetano, destaca que a troca de conhecimento entre a academia e o mercado traz ganhos para os dois lados. “O bolsista é desafiado a inovar e a tirar uma ideia do papel, ou seja, ele cresce profissionalmente. Já o empresário tem a chance de atualizar o seu negócio com um novo olhar, direcionado e específico.”

Inscrições

As empresas de Brasília interessadas em submeter proposta devem entrar em contato com o IEL-DF para obter login e senha para o site do programa Inova Talentos. Basta ligar para (61) 3362-6030 ou enviar um e-mail com a solicitação para capacitacao.iel@sistemafibra.org.br. Com o acesso, será possível fazer a inscrição.

No projeto, é preciso especificar as atividades a ser executadas na empresa, com a descrição da participação e o perfil desejado dos recursos humanos, informar a existência de condições financeiras para a execução da proposta, descrever as principais atividades e etapas do projeto e listar as atribuições de parceiras (se houver), além de explicar a metodologia de acompanhamento e de avaliação.

Serão avaliados a clareza, a objetividade e a relevância do projeto; a viabilidade técnica e mercadológica; o grau de inovação e impacto; o perfil da equipe solicitada; e o grau de risco. O resultado está previsto para outubro.

Avaliação

O IEL-DF vai acompanhar a integração dos bolsistas com as organizações e o desenvolvimento das atividades previstas no plano de trabalho. Para isso, eles deverão fazer relatórios mensais e o instituto vai realizar visitas técnicas para monitorar o andamento dos projetos.

Texto: Dayane dos Santos
Foto: Moacir Evangelista/Sistema Fibra 18.8.2017
Assessoria de Comunicação do Sistema Fibra

Pesquisa

banner indicadores

epilepsia fibra

banner pro site catalogo