Notícias

Aplicativo Rede Sindical da Indústria já está disponível no DF

Sindicatos empresariais de todo o Brasil, federações e a Confederação Nacional da Indústria (CNI) já têm à disposição mais uma ferramenta de comunicação, de troca de informações e de mobilização sobre assuntos relevantes para o setor produtivo. A confederação lançou no fim de outubroo aplicativo Rede Sindical da Indústria, que funciona nos sistemas iOS e Android e está disponível para download na Apple Store e no Google Play Store.

O app é gratuito, mas restrito aos integrantes da Rede Sindical da Indústria: líderes e executivos de sindicatos e das federações de indústrias e representantes da CNI, do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), do Serviço Social da Indústria (Sesi), do Instituto Euvaldo Lodi (IEL) e dos Centros das Indústrias, que representam segmentos industriais que não têm sindicatos.

O conteúdo do aplicativo está organizado em dois recortes: um setorial e outro estadual ou distrital. No recorte setorial, os conteúdos têm abrangência nacional. A administração e a admissão de membros são feitas pela CNI. Os cadastrados podem interagir com sindicatos do mesmo setor, de todo o país, e também com representantes de entidades do Sistema Indústria.

O recorte estadual (ou distrital, no caso do Distrito Federal) é de responsabilidade das respectivas federações das indústrias. No caso do Sistema Fibra, esse conteúdo será ativado no ano que vem. Permitirá o contato com representantes de todos os sindicatos brasilienses, independentemente do segmento, e com as entidades locais do Sistema. Além do DF, federações de 23 estados aderiram ao aplicativo.

Para ter acesso ao aplicativo, os representantes de sindicatos empresariais brasilienses e das demais entidades do Sistema Indústria precisam fazer o download, preencher e enviar o formulário de inscrição, que será remetido à Fibra para aprovação.

Rede Sindical da Indústria

Criada em 2014, tem o objetivo de estreitar o relacionamento entre sindicatos empresariais da indústria e também deles com as federações e a CNI. Atualmente envolve 15 setores industriais e conta com a participação de 699 líderes e executivos sindicais e 49 representantes de 26 federações.

Entre as ações da Rede Sindical da Indústria estão o Intercâmbio de Lideranças Setoriais, evento que reúne presidentes de sindicatos de um mesmo setor para o compartilhamento de informações estratégicas, experiências e reflexões sobre o papel do sindicato; os Diálogos da Rede Sindical da Indústria, que são reuniões virtuais dos integrantes da rede para alinhamento e debate sobre temas que impactam a competitividade dos setores industriais; o Catálogo Online de Boas Práticas Sindicais; e o Bate-Papo Sindical, encontro para troca de experiências entre sindicatos de diferentes setores e unidade federativas. 

Além do aplicativo, a CNI lançou a página Indústria Forte (www.industriaforte.com.br), que mostra aos empresários os benefícios de se associar a um sindicato. “Estar sindicalizado é estratégico. Por intermédio dos sindicatos, as federações conseguem oferecer, por exemplo, cursos e serviços que vão ajudar no desenvolvimento dos negócios, sem falar no valor da troca de informações”, diz Fernando Japiassu, diretor de Relações do Trabalho e Apoio Sindical da Fibra.

Assessoria de Comunicação do Sistema Fibra
Com informações da Agência CNI de Notícias

aplicativo conexao rt

cartilha esocial

BANNER CARTILHA LIXO 250x170px

banner pro site catalogo

Fibra News