Notícias

Codeplan premia trabalhos técnico-científicos

A Companhia de Planejamento do Distrito Federal realizou na manhã desta segunda-feira (4), na sede da empresa pública, a entrega do III Prêmio Codeplan de Trabalhos Técnico-Científicos. O objetivo é estimular pesquisas socioeconômicas sobre políticas sociais e urbano-ambientais.

O tema desta terceira edição foi o desenvolvimento do DF e da Região Integrada de Desenvolvimento do DF e Entorno (Ride), abordado em seis subtemas: diversificação da economia do DF; alternativas de industrialização no DF; identificação das cadeias produtivas do DF; planejamento territorial e desenvolvimento econômico; desenvolvimento social do DF e da Ride; e políticas públicas para o desenvolvimento social e econômico.

Três trabalhos foram premiados, além de um na categoria Jovem Pesquisador – para candidatos com até 25 anos de idade que apresentaram trabalhos provenientes de monografia de conclusão de curso de graduação ou de resultados de pesquisas feitas em 2016 ou 2017.

O primeiro colocado do III Prêmio Codeplan de Trabalhos Técnico-Científicos foi o estatístico Cauan Braga, que apresentou um projeto de mensuração das desigualdades na inclusão educacional nas regiões do DF e uma releitura de dados sobre o tema. “O prêmio é fundamental para captar novos pesquisadores e torná-los reconhecidos no mercado”, afirmou. Braga também foi o vencedor do prêmio em 2015, com o trabalho Vulnerabilidade Juvenil na Área Metropolitana de Brasília.

Informação para os setores público e privado

O presidente da Codeplan, Lucio Rennó, destacou a importância de incentivar pesquisas sobre o futuro de Brasília. “As contribuições acadêmicas colaboram para a formulação de políticas públicas sobre a temática de desenvolvimento, seja na esfera econômica ou social. O prêmio estimula a produção de conhecimento independente por meio de ideias inovadoras e criativas.”O evento faz parte da comemoração do 51º aniversário da Codeplan.

A premiação tem o apoio da Federação das Indústrias do Distrito Federal (Fibra). Para o diretor secretário, Paulo Eduardo Montenegro de Ávila, é necessário estudar o ambiente onde as empresas estão inseridas para melhorar a competitividade. “Os trabalhos são fontes de informação para gerir e debater os assuntos que afetam o negócio.”

Trabalhos premiados

A premiação do concurso soma R$ 22 mil, divididos da seguinte forma: R$ 8 mil para o primeiro colocado, R$ 6 mil para o segundo e R$ 4 mil para o terceiro. O vencedor da categoria Jovem Pesquisador também receberá R$ 4 mil.

1º colocado:

Cauan Braga da Silva Cardoso

Trabalho: O Bônus Demográfico Relativo e Absoluto no Acesso à Escola no Distrito Federal

2º colocado:

Thiago Mendes Rodrigues

Trabalho: Aspectos da Diversificação Industrial do DF e a Criação do Complexo Industrial Militar de Brasília

3º colocada:

Nádia Silvério Oliveira Irineu

Trabalho: Dimensões da Agroecologia na Produção e Comercialização de Agricultores Familiares no DF e Entorno

Jovem Pesquisador:

Pedro Baptista de Carli

Trabalho: Análise da Infraestrutura das Regiões Administrativas do DF

Texto: Dayane dos Santos
Foto: Cristiano Costa
Assessoria de Comunicação do Sistema Fibra

banner indicadores

 reforma da previdencia

aplicativo conexao rt

cartilha esocial

BANNER CARTILHA LIXO 250x170px

banner pro site catalogo

Fibra News