Notícias

Sesi Viva+ é lançado no DF e vai ajudar empresas com o eSocial

sesi viva mais lancamento df claudio patrus

O Serviço Social da Indústria do Distrito Federal (Sesi-DF) promoveu na noite de quinta-feira, 21 de fevereiro, o lançamento oficial da plataforma Sesi Viva+ na cidade. Empresários e gestores das áreas de recursos humanos e de contabilidade compareceram ao recém-inaugurado Centro Integrado Sesi e Senai, no Edifício Central Park, no Setor Comercial Norte, para conhecer a solução que simplifica o gerenciamento de informações sobre saúde e segurança dos trabalhadores.

O Sesi Viva+ é voltado a empresas de todos os portes e áreas de atuação, privadas ou públicas. Por meio de inteligência artificial, ajuda na gestão dos serviços de saúde e segurança do trabalho (SST) e facilita o envio de informações ao Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas, o eSocial. A plataforma é o maior investimento privado em gestão de SST do Brasil.

Qualquer empresa que contrate o Sesi para realizar serviços de SST tem acesso à plataforma Sesi Viva +, que oferece ao empregador um sistema para gestão dos programas legais com o cadastro dos seus trabalhadores e todas as informações de absenteísmo, produtividade e outros tópicos relacionados à saúde e à segurança do empregado. “O Sesi Viva+ é uma revolução no que a gente pode ter de gestão de SST. Quem tiver essa plataforma na empresa vai facilitar o repasse de informação [ao eSocial]”, afirmou o 1º vice-presidente da Federação das Indústrias do Distrito Federal (Fibra), Pedro Henrique Verano, na abertura do evento.

Para esclarecer a relação entre o eSocial e a área de SST, o lançamento contou com uma palestra de Cláudio Patrús de Campos Bello, médico especialista do Departamento Nacional do Sesi. Patrús tem falado do tema nos eventos de lançamento da plataforma em diferentes regiões do País e analisa de forma positiva a recepção das empresas. “A gente está dando foco especialmente ao eSocial, que é a dor do momento, mas a plataforma é muito maior e mais ampla do que isso. É uma solução que diminui custo, aumenta a velocidade dos processos internos e dá uma garantia de redução dos riscos de passivos na área de saúde e segurança”, explica.

sesi viva mais ademirA Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap), estatal do DF que presta serviço industrial de utilidade pública, já aderiu ao eSocial, embora a obrigatoriedade para esse tipo de empresa comece apenas em janeiro de 2020. Ademir Nunes, chefe da Divisão de Medicina e Segurança do Trabalho da Novacap, participou do evento para entender as vantagens do Sesi Viva+. “Para nós, é tudo muito novo. A nossa expectativa é que essa iniciativa pioneira do Sesi nos ajude a saber o que devemos fazer e de que forma.”

O eSocial vem sendo gradativamente implementado e estabelece uma nova era nas relações entre empregadores, empregados e governo. Permite a fiscalização online de informações de folha de pagamento, previdenciárias, do FGTS e de SST. Com essa mudança, atividades antes realizadas apenas pelo departamento de contabilidade da empresa vão precisar de apoio em sua execução. Quando o eSocial estiver em pleno funcionamento, 25% das informações a ser enviadas pelos empregadores serão referentes a SST.

sesi viva mais rutePensando nisso, Rute Coutinho Macedo Marinho, administradora do escritório Inteligente Contabilidade, foi ao evento e ficou aliviada ao ver que o Sesi está preparado para atender a todas as demandas que afligem os empresários. “O volume de informações de SST a ser inserido no eSocial preocupa quem cuida da contabilidade das empresas, porque a gente não tem conhecimento profundo no assunto. Há muitos escritórios perdidos nisso, então a gente veio em busca de uma parceria com o Sesi para que nossos clientes sejam atendidos pela instituição nessa área, auxiliando no eSocial”, diz.

Vantagens

O Sesi-DF oferece um combo mínimo para atendimento ao eSocial, que contempla o Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA), o Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO), mapeamento ergonômico, levantamento de riscos de acidentes, monitoramento técnico e consultas ocupacionais. Outros serviços, como consultorias das normas regulamentadoras de insalubridade e periculosidade, podem ser contratados de forma complementar.

Entre as vantagens do Sesi Viva+ estão a gestão do eSocial com alertas de não conformidades, fluxos e processos dos programas de SST; business intelligence em SST, com painéis de indicadores de gestão de riscos, de perfil e de processos; gestão do Fator Acidentário de Prevenção (FAP); gestão de conteúdos técnicos, com procedimentos de SST, vídeos de capacitação e sensibilização, informações da política da empresa e análises técnicas sobre normas regulamentadoras do setor; gestão de SST para fornecedores da empresa; e promoção e prevenção da saúde, com ações educativas e ginástica laboral, por exemplo.

Os interessados em conhecer o Sesi Viva+ podem acessar sesivivamais.com.br e preencher o formulário ou entrar em contato com o SAC do Sistema Fibra: (61) 4042-6565.

Centro Integrado Sesi e Senai

Além do lançamento do Sesi Viva+, o evento de quinta-feira marcou a inauguração do Centro Integrado Sesi e Senai, no térreo do Edifício Central Park, onde antes funcionava um posto de atendimento do Instituto Euvaldo Lodi do Distrito Federal (IEL-DF).

A partir de março, o espaço vai receber atividades e serviços das instituições que integram o Sistema Fibra ­– Federação das Indústrias, IEL, Sesi e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). Assim, empresários, estudantes e a comunidade em geral terão acesso facilitado a cursos, capacitações e outros serviços.

Veja aqui a galeria de fotos.

Texto: Aline Roriz
Foto: Helio Montferre/Sistema Fibra
Assessoria de Comunicação do Sistema Fibra

Pesquisa

banner indicadores

epilepsia fibra

banner pro site catalogo