Notícias

Apesar da queda, Icei-DF segue positivo em abril

O Índice de Confiança do Empresário Industrial do Distrito Federal (Icei-DF) caiu 3,5 pontos de março para abril. Apesar da queda, o índice ficou acima da linha dos 50 pontos, que divide confiança de falta de confiança, e marcou 59,7 pontos. No mesmo mês do ano passado, o índice foi de 59,9 pontos.icei novembro 2018

O levantamento mostra que o empresário brasiliense segue otimista e com expectativa positiva para os próximos meses. Desde abril de 2017 o Icei-DF é positivo – apenas em julho de 2018 caiu para 49,7 pontos.

Duas variáveis compõem a pesquisa: as condições atuais e as expectativas para os próximos seis meses. Os industriais são questionados sobre suas percepções quanto à economia nacional, à economia do DF e à própria empresa. O indicador de condições atuais foi o que mais contribuiu para a queda em abril: passou de 53,9 para 48,9 pontos. A avaliação dos empresários foi negativa especialmente quanto à percepção do próprio negócio.

Para o presidente da Federação das Indústrias do Distrito Federal (Fibra), Jamal Jorge Bittar, a queda do indicador de condições atuais para abaixo da linha dos 50 pontos merece atenção. “O Icei-DF mostra o industrial confiante para o futuro, mas essa percepção do momento atual mostra que ele espera, tanto do governo federal quanto do governo local, respostas sobre os entraves ao desenvolvimento”, alerta.

Já o indicador de expectativas recuou 2,8 pontos e alcançou 65,1 pontos em abril. O Icei-DF é realizado mensalmente pela Fibra, em parceria com o Instituto Euvaldo Lodi do DF (IEL-DF) e a Confederação Nacional da Indústria (CNI). Os dados da última pesquisa foram coletados de 1° a 12 de abril.

Dados nacionais

O indicador que mede nacionalmente a confiança dos industriais também caiu em abril. O Icei ficou em 58,4 pontos – queda de 3,5 pontos. O indicador permanece em alta comparado ao registrado em 2018 (56,7) e 4 pontos acima da média histórica. Em relação ao índice por região geográfica, o Centro-Oeste alcançou 60,7 pontos, o maior comparado às outras quatro regiões.

Veja a série histórica do Icei-DF.

Texto: Dayane dos Santos
Assessoria de Comunicação do Sistema Fibra