Notícias

Confiança dos industriais brasilienses caiu 10 pontos desde o início do ano

O Índice de Confiança do Empresário Industrial do DF (Icei-DF) recuou pelo quarto mês consecutivo e marcou 53,9 pontos em maio. A queda foi de 5,8 pontos em relação a abril (59,7). Em comparação a maio de 2018, o recuo foi de 3,2 pontos. Embora a confiança tenha caído 10,8 pontos desde o começo do ano, ainda é positiva, uma vez que está acima dos 50 pontos.

grafico icei df maio 2019

Duas variáveis compõem o Icei-DF: as condições atuais e as expectativas para os próximos seis meses. Os industriais são questionados sobre suas percepções quanto à economia nacional, à economia do DF e à própria empresa.

Em maio, a retração do índice de confiança foi puxada principalmente pela avaliação menos positiva dos industriais para o período de junho a novembro. O indicador que mede as expectativas ficou em 57,1 pontos — 8 a menos do que em abril. Já o indicador referente às condições atuais foi de 47,5 pontos em maio e ficou, pelo segundo mês consecutivo, abaixo da linha de 50 pontos. Em abril, esse indicador marcou 48,9.

“O que acontece no DF é semelhante ao movimento nacional. Tivemos uma alta de confiança do empresário no fim do ano, com a expectativa dos novos governos, das reformas, e agora essas expectativas estão caindo”, explica o presidente da Federação das Indústrias do DF (Fibra), Jamal Jorge Bittar. A versão nacional do Icei registrou 56,5 pontos em maio.

O Icei-DF é produzido mensalmente pela Fibra, em parceria com o Instituto Euvaldo Lodi do DF (IEL-DF) e a Confederação Nacional da Indústria (CNI). Os dados da última pesquisa foram coletados de 2 a 13 de maio.

Texto: Samira Pádua
Assessoria de Comunicação do Sistema Fibra

Pesquisa

banner indicadores

epilepsia fibra

banner pro site catalogo