Teste - Procompi

<br> abertas como inscrições do Programa de Apoio à Competitividade das Micro e Pequenas Indústrias (Procompi) para empresas de área de alimentos. O objetivo é aumentar a capacidade gerencial e inovadora desses empreendimentos e, consequentemente, melhorar sua competitividade. Os interessados ​​devem assinar o termo de adesão até 30 de abril. A respeito é que as atividades se iniciam em maio e se tornam cinco meses.

O Procompi realiza consultorias coletivas e outras in loco em cada empresa. São empresas de gestão ambiental e de inovação de produtos. A Procompi é uma parceria entre a Confederação Nacional da Indústria (CNI) eo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Em Brasília, uma edição da Federação das Indústrias do DF (Fibra), pelo Instituto Euvaldo Lodi do DF (IEL-DF), do Sebrae no DF e do sindicato industrial que representa o segmento atendido.

Esta edição do programa é dividida em três módulos, todos os obrigatórios. O primeiro é uma introdução ao lean (manufatura enxuta) e os projetos com foco em redução de perdas e danos, além de resultados econômicos-financeiros. O segundo módulo apresenta uma metodologia para aumento da produtividade. O terceiro tem os objetivos de promover o melhor planejamento de recursos e flexibilizar os processos de produção, possibilitar maior capacidade, melhorar a qualidade e facilitar a entrada de novos produtos.

Cada módulo tem o valor de R $ 800 eo investimento pode ser parcelado - o primeiro módulo pode ser dividido em até quatro vezes no boleto, enquanto que os outros podem ser pagos em quatro vezes no boleto ou em dez parcelas no cartão de crédito. Para se inscrever, é necessário ligar para o telefone (61) 3362-6058.

Mais dessa edição do projeto para o setor de alimentos, estão abertas como inscrições do Procompi para empresas da área de tecnologia da informação.

Café da manhã

Desde 2017, houve no DF uma edição do Procompi para o setor de TI e outra para empresas de vestuário, que, juntas, atenderam 40 empreendimentos. Em 2019, o segmento de energia será contemplado pela primeira vez. Para apresentar o programa às empresas da área, o IEL-DF realizou um café da manhã na sexta-feira, 26 de abril, sem um evento-sede da Fibra.

O consultor da CNI Rodrigo Carrijo, que vai ministrar o primeiro módulo, explicou os benefícios da manufatura enxuta para uma indústria. “Vá para a frente, que seja um conceito de cada empresa, uma economia bem-feita e uma que possa significar a diferença de qualidade ou de padrão.”

O vice-presidente do Sindicato das Indústrias de Alimentação de Brasília (Siab), Pedro Nicola, incentivou os empresários a implementar e promover o projeto de apresentação dos mesmos. “Com o Procompi, fazemos uma grande parte das práticas e realizamos as grandes indústrias e aumentamos a lucratividade”, afirmou.

Texto: Aline Roriz

Foto: Moacir Evangelista / Sistema Fibra

Assessoria de Comunicação do Sistema Fibra

Pesquisar

Processo Seletivo IEL - DF
Banner IEL - DF Vagas de estágio