IST-DF vence prêmio Indicadores do Concreto

Pela terceira vez consecutiva, o Instituto Senai de Tecnologia da Construção Civil (IST) foi o laboratório que mais atendeu a canteiros de obras no Distrito Federal, de acordo com o Projeto Indicadores do Concreto. A construção civil é o segmento mais forte da indústria local e a concretagem é o processo que mais influencia o desempenho e a vida útil das edificações.

A cerimônia de premiação foi na noite dessa segunda-feira (11), na sede do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Distrito Federal (Sinduscon-DF), e reconheceu indicadores verificados de junho de 2016 a julho de 2017.

Durante esses meses, o IST acompanhou 7.285 caminhões (68% do total no DF) e atuou em 876 concretagens (57%). O instituto funciona no Senai Taguatinga. Para a diretora da unidade, Janaína Braga D’Almeida, o prêmio confirma a relevância do IST para os empreendimentos da construção civil brasiliense. “O nosso objetivo é contribuir para a excelência das empresas, por isso atuamos tanto na capacitação dos profissionais quanto na prestação de consultorias e de serviços de tecnologia e inovação”, diz. Na cerimônia, ela recebeu o certificado do superintendente do Instituto Euvaldo Lodi do DF (IEL-DF), Cláudio Tavares.

Sobre o prêmio
O projeto Indicadores do Concreto está na terceira edição e é uma iniciativa do Sinduscon-DF, em parceria com Cooperativa Central da Construção Civil do Brasil (Coopercon Brasil) e com o apoio da Federação das Indústrias do Distrito Federal (Fibra), do IEL-DF, do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-DF), do IST e da Comunidade da Construção de Brasília.

De acordo com o presidente do Sinduscon-DF, Luiz Carlos Botelho, apesar de novo, o prêmio já estimula boas práticas, não apenas no DF. “Esta ação é indutora de inovações e de melhorias para o segmento produtivo, além de significar uma prestação de contas para os associados do sindicato e para as empresas do DF.”

Em 2017, participaram do projeto 29 construtoras e 54 canteiros, atendidos por oito concreteiras e por quatro laboratórios de controle tecnológico.

Foram premiadas dez categorias. Para conhecer todos os vencedores, clique aqui!

Texto: Aline Porcina
Imagens: Cristiano Costa
Assessoria de Comunicação do Sistema Fibra