Senai-DF recebe prêmio nacional de empreendedorismo

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Distrito Federal (Senai-DF) venceu, na categoria educacional, o Prêmio Ozires Silva de Empreendedorismo Sustentável. O resultado foi divulgado na noite de quarta-feira (7), em Curitiba (PR). A premiação nacional, que chegou à 11ª edição, reconhece ideias empreendedoras que contribuam para o desenvolvimento social. O Senai-DF inscreveu ainda outros quatro projetos – dois também foram finalistas.

O projeto vencedor qualificou 150 pessoas em situação de vulnerabilidade social com o curso Instalação e Manutenção de Sistemas Fotovoltaicos e as conscientizou sobre os recursos renováveis. A qualificação, concluída no ano passado, foi feita por meio do projeto Fábrica Social, do governo de Brasília. Esses moradores de áreas carentes da capital agora têm a oportunidade de empreender na área da energia por meio da instalação das placas solares e da propagação da eficiência energética.

Para o diretor regional do Senai no DF, Marco Secco, a premiação tem valor especial por ter sido na categoria educacional, principal área de atuação da instituição. “É um prêmio de reconhecimento nacional, com mais de 80 projetos inscritos. Valoriza muito a dedicação do nosso time de trabalho e demonstra a qualidade da educação profissional do Senai-DF. Estamos muito orgulhosos”, afirma.

Realizado anualmente pelo Instituto Superior de Administração e Economia, o prêmio é considerado uma das maiores celebrações do empreendedorismo sustentável, reunindo os melhores projetos do país.

Os projetos – de pessoas físicas, de empresas e de universidades– são inscritos em quatro vertentes do empreendedorismo: social, ambiental, educacional e econômico. Os trabalhos submetidos pelo Senai-DF foram, além da Fábrica Social, o programa Professores do Lago; a Casa Popular Inteligente; o espaço de coworking de moda, que funciona desde o ano passado na unidade de Taguatinga; e o projeto Senai Sustentável, que inclui o Programa de Gerenciamento de Resíduos Sólidos. Os dois foram finalistas.

Quem é Ozires Silva

Nasceu em Bauru (SP), em 1931. Oficial da Aeronáutica, formou-se engenheiro no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). É reitor de uma instituição particular de ensino superior de Santos (SP). É um dos fundadores da Embraer, foi presidente da Petrobras e ministro da Infraestrutura. Além disso, ele deu início à produção industrial de aviões no Brasil.

Premiação

Foram 40 projetos finalistas e 15 vencedores. Trabalhos de várias regiões do país apresentaram suas ideias de empreendimentos sustentáveis desenvolvidos nas quatro categorias. Veja no link a lista com todos os vencedores da 11ª edição Prêmio Ozires Silva de Empreendedorismo Sustentável.

Texto: Aline Roriz
Assessoria de Imprensa do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Distrito Federal (Senai-DF)