"DF aumentará número de medalhas", diz diretor geral

A sétima edição da Olimpíada do Conhecimento, em 2012, deverá ser ainda mais grandiosa e terá mudanças significativas no resultado final. A projeção foi feita hoje pelo diretor geral do Senai Departamento Nacional, José Manuel de Aguiar Martins, em visita à sede da Federação das Indústrias do Distrito Federal (Fibra). A visita fez parte de um café da manhã realizado pela federação para homenagear os 21 alunos que representaram o Senai-DF na competição deste ano, realizada no Rio de Janeiro, no início do mês. Essa é a primeira visita do diretor a uma federação após o término da Olimpíada.

Segundo Martins, os departamentos regionais do Senai têm conquistado, pouco a pouco, mais medalhas na competição e garantido o primeiro lugar em ocupações antes vencidas apenas por delegações maiores, com tradição de vitória. “O DF, assim como outras equipes, caminharão para mais perto da liderança de medalhas na 7ª edição da Olimpíada. São Paulo não continuará mais sempre à frente”, sinalizou Martins. O diretor nacional lembrou, ainda, que a Olimpíada do Conhecimento - hoje a maior competição de educação profissional das Américas -, começou em Brasília, em 2001, com o apoio da Fibra. 

Na 6ª edição do evento, o Senai-DF levou nove medalhas, sendo três de ouro. Duas delas – em Aplicação de Revestimento em Cerâmica e Mecânica de Refrigeração - desbancaram delegações com tradição de vitória. “Esse é um claro exemplo da qualidade do ensino aqui oferecido. Em termos de medalhas, o DF foi o quinto colocado. Portanto, não vou dizer que foi surpresa, porque o trabalho que a entidade realiza já indicava que a delegação teria bons resultados”, conclui o diretor.

O presidente da Fibra, Antônio Rocha, também acredita que o resultado brasiliense na próxima edição será ainda maior. “Somos uma cidade que ainda não tem uma indústria forte e, se nessas condições já tivemos o melhor resultado da nossa participação na Olimpíada, é porque, no futuro breve, será ainda melhor”, disse. Rocha lembrou da visita que liderou com empresários da cidade ao segundo dia da competição. “Os empresários da cidade, presidentes dos sindicatos filiados a Fibra, tiveram a oportunidade de conhecer a grandeza do evento”, comentou.

Primeiro lugar na ocupação Jardinagem e Paisagismo, a aluna Daiane Aureliano discursou em nome dos competidores. “Tudo o que vivemos no Rio Centro, como a pressão e a concorrência são exatamente aspectos que iremos enfrentar lá fora, no mercado de trabalho. E, com certeza, a Olimpíada nos preparou com excelência para esse novo momento de nossas vidas”, disse, em discurso.

Participaram do café da manhã os 21 competidores, instrutores e a equipe da educação do Senai-DF, além dos presidentes de sindicatos filiados à Fibra. Na ocasião foi lançada, também, a segunda edição da revista Vitrine de Talentos – Dia a dia de uma grande competição, editada pela Unidade de Comunicação e Marketing do Sistema Fibra que conta a trajetória da delegação brasiliense na competição do Rio. Os alunos também foram presenteados com laptop. 

Elton Pacheco
Assessoria de Imprensa
Sistema Federação das Indústrias do DF (Fibra)
Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-DF)
Foto: Cristiano Costa/Unicom

Pesquisar

BANNER LATERAL IST

 Banner Unidades GAMA

Banner Unidades SOBRADINHO

Banner Unidades TAGUATINGA