Sesi-DF atendeu mais de 6,6 mil trabalhadores em SST em 2018

sesi sst ergonomia foto cristiano costa 04 09 2015Como parte das atividades em alusão ao Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho (28 de abril), o Sesi Viva+ será apresentado em um seminário sobre o tema, no dia 26, no auditório do Centro Integrado Sesi e Senai, no Edifício Central Park (Setor Comercial Norte). O público terá a oportunidade de conhecer melhor as ações do Serviço Social da Indústria (Sesi) na área. A participação é gratuita, mas é preciso fazer inscrição prévia.

O Sesi Viva+ foi criado para facilitar o acesso e o gerenciamento de informações sobre saúde e segurança dos trabalhadores de empresas de qualquer segmento e de qualquer porte. Utilizando inteligência artificial, concentra o monitoramento de dados referentes aos serviços de saúde e segurança no trabalho prestados pelo Sesi e gera indicadores, ajudando as empresas na prevenção de acidentes, no aumento da produtividade e na redução de riscos legais e de custos com saúde e afastamentos.

No Distrito Federal, em 2018, 6.638 trabalhadores de 158 empresas foram atendidos com serviços de segurança e saúde no trabalho (SST) pelo Sesi. Um desses serviços é a Análise Ergonômica do Trabalho (AET), prevista na Norma Regulamentadora nº 17 do Ministério do Trabalho, que avalia as condições de trabalho e identifica riscos relacionados a aspectos como mobiliário, por exemplo.

O Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA), por sua vez, estabelece diretrizes que visem à preservação da saúde e da integridade física dos funcionários. A equipe do Sesi-DF vai à empresa para avaliar o ambiente a que o empregado está exposto e se há riscos físicos, de queda, de choque, de ruído e de acidente, por exemplo.

O Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO), que tem o PPRA como pré-requisito, visa à promoção e à preservação da saúde dos trabalhadores. Abrange consultas admissionais, periódicas, de retorno ao trabalho (no caso de funcionários que estiveram afastados), de mudança de função e demissionais.

A coordenadora de Segurança e Saúde no Trabalho do Sesi-DF, Maria Cláudia Pereira dos Santos, explica que alguns serviços da área podem ser ofertados na modalidade in company. “Por meio das unidades móveis, temos a possibilidade de levar para a empresa consultas ocupacionais e alguns exames, por exemplo.”

O Sesi-DF também oferece assessoria para implementação da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa). Já na avaliação ambiental, entrega diagnóstico com os níveis de contaminação, distúrbio ou preservação de uma determinada área da empresa. São analisados itens como calor, frio, vibrações, poeiras, gases, iluminação, temperatura e umidade.

Na análise de ruído, por exemplo, é feita a avaliação do período de trabalho do funcionário para verificar o nível de exposição e, ainda, se as medidas de proteção são eficientes. “É um detalhamento do risco. Com base no laudo, podem ser adotadas medidas necessárias ou até pagamento de insalubridade ao trabalhador”, explica Maria Cláudia.

O Sesi-DF também pode ser contratado para emitir laudos de insalubridade e de periculosidade ou o Laudo Técnico de Condições Ambientais do Trabalho (LTCAT), que avaliam as condições de trabalho do funcionário de acordo com o ambiente e os riscos e suas implicações.

Para conhecer o Sesi Viva+, entre no site ou ligue para o Serviço de Atendimento ao Consumidor do Sistema Fibra: (61) 4042-6565.

Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho

A data, rememorada em 28 de abril pela Organização Internacional do Trabalho desde o início dos anos 2000, busca conscientizar empregadores e trabalhadores sobre a importância da cultura de prevenção de acidentes e de doenças profissionais. Em 28 de abril de 1969, 78 pessoas morreram em uma explosão de uma mina no estado norte-americano de Virgínia.

No Brasil, pela Lei nº 11.121/2005, a data foi instituída como Dia Nacional em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho. O movimento Abril Verde coloca o tema em pauta durante o mês. A cor foi escolhida por estar associada a cursos relacionados à saúde.

Texto: Samira Pádua
Foto: Cristiano Costa – 4.9.2015
Assessoria de Comunicação do Sistema Fibra

Pesquisar

vira vida botao site

SESI Botao Sesi lazer e esporte 240x200px