Conheça os vencedores do Prêmio IEL de Estágio

premio iel de estagio 2017 distrito federal

Há pouco mais de nove meses, a Companhia Energética de Brasília (CEB) decidiu que queria atualizar as informações de sua página na internet, o que não era feito desde 2006. Buscou no Instituto Euvaldo Lodi do Distrito Federal (IEL-DF) um estagiário para desenvolver o projeto. Foi nesse momento que o estudante do Senai Taguatinga Mateus Lucas Silva Santos, 22 anos, se destacou.

O jovem topou o desafio e colocou em prática os ensinamentos que obteve em sala de aula. Então ele foi além e propôs ao corpo de diretores da companhia um novo site, que entrará no ar em breve. A CEB ganhou um site e Mateus, a etapa regional do Prêmio IEL de Estágio 2017, organizada pelo Instituto Euvaldo Lodi do Distrito Federal (IEL-DF). O anúncio foi feito na noite dessa segunda-feira (28/8), na sede da entidade, no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA).

O estudante permanece contratado pela companhia, agora como estagiário do curso superior de Gestão de Tecnologia. “Esse projeto me desafiou e fui além. Aprendi a programar, me aprofundei na área e acabei escolhendo fazer faculdade nesta área. A CEB tem uma área de tecnologia muito bacana e me deu bastante suporte. Na empresa, consegui crescer profissionalmente e esse reconhecimento é uma amostra de que estou no rumo certo”, resume.

Além do estudante, se sagraram vencedores na etapa regional do prêmio o Centro Universitário Iesb, na categoria Instituição de Ensino Superior, e o Senai Taguatinga, em Instituição de Ensino Técnico. Nas categorias empresariais, o Instituto ICTS venceu em Empresa Destaque de Pequeno Porte, a Ball como Empresa Destaque de Médio Porte, a Votorantim Cimentos em Empresa de Grande Porte e a Confederação Nacional da Indústria (CNI) na categoria de Empresa Sistema Indústria.

O Prêmio IEL de Estágio tem a finalidade de incentivar as empresas a aprimorar os programas de estágio para a preparação dos estudantes de maneira complementar ao ensino, capacitando e preparando bons profissionais na fase inicial do desenvolvimento profissional. Os vencedores da etapa regional vão disputar a etapa nacional em outubro, em Curitiba (PR).

“Quem ganha com esse processo é o empresário, que tem a possibilidade de treinar um profissional dentro das necessidades da sua empresa”, disse o diretor secretário da Federação das Indústrias do DF (Fibra), Paulo Eduardo Montenegro, durante o discurso de abertura da solenidade. “O IEL tem estimulado os estudantes a se destacarem e a serem os profissionais ideais para as empresas em que trabalham, com vistas à contratação no fim do processo.”

Inova Talentos

Na ocasião, também foi feita a premiação da etapa regional do programa Inova Talentos, iniciativa da CNI, por meio do IEL, em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). O programa estimula a indústria brasileira a manter-se competitiva, por meio do desenvolvimento de projetos de inovação e tecnologia.

A bolsista Ábia Costa, da empresa Wise Indústria de Telecomunicação, venceu na categoria Melhor Artigo. Já na categoria Trabalho em Equipe, o bolsista vencedor foi Felipe Siqueira, da empresa Ideia Big Data.

Para participar do programa, criado em 2013, os candidatos a bolsista devem submeter o seus projetos a um edital. Se aprovados, as vagas são abertas e publicadas para consulta e aplicação dos candidatos no portal do programa. O selecionado tem 12 meses para desenvolver o trabalho e receberá a bolsa.

premiacao premio iel

Texto: Marcus Fogaça
Foto: Cristiano Costa/Sistema Fibra
Arte: Rafael Araújo
Assessoria de Imprensa do Instituto Euvaldo Lodi do Distrito Federal (IEL-DF)

Pesquisar

Processo Seletivo IEL - DF
Banner IEL - DF Vagas de estágio