Compliance pode ser usado como ferramenta na gestão do negócio

Uma gestão transparente e de qualidade estimula a competitividade e o crescimento do empreendimento. Para habilitar gestores e outros profissionais na criação de um programa para o cumprimento de normas legais e regulamentares, de políticas e de diretrizes na administração dos negócios, o Instituto Euvaldo Lodi do Distrito Federal (IEL-DF) realiza o curso de capacitação empresarial Compliance. A próxima turma será em 19 de abril, das 8h30 às 17h30, no Sesi Guará. As inscrições vão até 13 de abril.

As empresas estão cada vez mais atentas ao programa de integridade e sensibilizadas sobre a importância da governança coorporativa. “É preciso trabalhar as temáticas de ética e de códigos de conduta para uma gestão séria e eficaz. Os colaboradores de uma empresa devem executar o programa com responsabilidade, visando ao futuro do negócio”, explica a advogada Bianca Álvares, um dos instrutores do curso.

Com duração de oito horas, a capacitação empresarial aborda temas como a importância e a implementação de um programa de compliance, gestão empresarial e a criação e adaptação de políticas e de procedimentos na organização.

Outro conteúdo abordado é a Lei n° 6.112/2018,que estabelece a obrigatoriedade de um programa de integridade para firmar contratos acima de R$ 80 mil e com duração de mais de 180 dias com a administração pública do Distrito Federal. Os participantes também aprenderão sobre o selo Pró-Ética, pelo qual o Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União dá reconhecimento público a empresas que se mostram comprometidas com medidas voltadas para prevenção, detecção e remediação de atos de corrupção e fraude.

Para a administradora Aiane Carolina Silva, ao aderir ao programa de integridade, a empresa também ganha em competitividade. “Compliance permite a efetivação dos serviços, a diminuição de riscos, evita prejuízos financeiros causados por irregularidades e transmite a imagem de uma empresa íntegra e confiável”, explica a instrutora.

Como participar

As aulas serão em 19 de abril, quinta-feira, das 8h30 às 17h30, com uma hora de intervalo, no Sesi Guará. Os participantes receberão certificado que atestará a aptidão para desenvolver ações de compliance nas empresas. O custo é de R$ 620 (as empresas associadas aos sindicatos filiados à Fibra têm 15% de desconto). Será a primeira turma do ano – em 2017, foram duas.

Para se inscrever, clique aqui.

Instrutores

Aiane Carolina Silva

Administradora e pós-graduada em Gestão Empresarial e Compliance. Atua há dez anos no Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). É sócia da ABF Gestão Empresarial.

Bianca Álvares

Bacharel em Pedagogia Administrativa e Direito. Tem pós-graduação em Direito Penal, Processo Penal e Compliance. Integra a Comissão de Legislação Anticorrupção e Compliance e a Comissão de Defesa dos Direitos da Criança, do Adolescente e da Juventude da Seccional do Distrito Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-DF). É sócia da ABF Gestão Empresarial.

Thiago Bueno

Bacharel em Direito, pós-graduado em Ordem Jurídica e em Direito e Gestão dos Serviços Sociais Autônomos. É especialista em Direito Administrativo, membro da Comissão de Legislação Anticorrupção e Compliance da OAB-DF e afiliado à Associação Internacional Compliance (International Compliance Association).

Texto: Dayane dos Santos

Foto: Cristiano Costa/Sistema Fibra

Assessoria de Comunicação do Sistema Fibra

Processo Seletivo IEL - DF
Banner IEL - DF Vagas de emprego
Banner IEL - DF Vagas de estágio

Newsletter