IEL-DF auxilia empresas na gestão da inovação

Inovar o modelo de negócio, os produtos e os serviços são meios para gerar competitividade no mercado, mas alguns empreendimentos enfrentam dificuldades em implementar processos contínuos e eficazes. É por isso que o Instituto Euvaldo Lodi do Distrito Federal (IEL-DF), por meio da consultoria Gestão da Inovação, assessora micro e pequenas empresas a construírem novas ideias e projetos.

Funciona assim: as empresas procuram o IEL-DF a fim de contratar a consultoria. Em alguns casos – veja explicação abaixo – o negócio pode ser enquadrado em projetos que contemplem subsídios, deixando, desta forma, o serviço financeiramente mais barato no ato da contratação.

A consultoria é dividida em etapas, com carga horária de 120 horas, distribuídas em 12 meses. No primeiro momento, é feito um mapeamento e diagnóstico para identificar quais os pontos fortes e os pontos fracos da empresa. Depois de feita a avaliação, os consultores do IEL-DF promovem uma sensibilização com os colaboradores com o objetivo de encontrar pessoas que participem e contribuam para novos processos.

“O conceito da segunda fase é estimular a criatividade e mostrar que inovar faz parte da estratégia do negócio, além de engajar os setores da empresa a trabalhar de forma integrada e em conjunto”, explica o consultor Leonardo Sepúlveda.

Política e estratégia de inovação, gestão das ideias, projetos, mensuração dos resultados, boas práticas, capacitações e plano de gestão da inovação também são fases da consultoria. Os encontros ocorrem na empresa ou no próprio IEL-DF, com data e horário combinados.

Workshop consultoria gestao da inovacao iel sistemafibra

É necessário estabelecer uma cultura, mecanismos e metas de curto e longo prazos. Para isso, é preciso que os gestores se atualizem e se qualifiquem. Dentro da consultoria, também são promovidas capacitações coletivas, em formato de workshop que, de maneira lúdica, abordam temáticas como colaboração, competição, empatia e soluções inovadoras. O último encontro, por exemplo, ocorreu nos dias 16 e 17 de maio e reuniu cerca de 50 representantes de empresas contratantes da consultoria Gestão da Inovação.

Para Mireli Berberian (foto), proprietária e diretora financeira da Fundex, empresa do setor de construção civil, a consultoria desperta novos olhares e provoca vontade de inovar para crescer. “Discutir tendências com outros empresários e trabalhar ideias em conjunto abre um leque de possibilidades. O dinamismo e o formato com que o IEL apresenta as ferramentas de inovação é maravilhoso”, conta.

Subsídio

Atualmente, dois projetos subsidiam a contratação do serviço oferecido pelo IEL-DF. Trinta e cinco pequenos negócios receberão a consultoria, por meio do projeto Gestão da Inovação para Micro e Pequenas Empresas, fruto de uma parceria entre a Federação das Indústrias do Distrito Federal (Fibra), a Confederação Nacional da Indústria (CNI) e o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Ainda restam sete vagas, é necessário ser indústria e não estar sendo atendida pelo Sebrae.

Outro projeto que recebe a consultoria, e tem subsídio, é de um contrato firmado entre o IEL-DF e o Sebrae no DF, que atende 40 pequenas indústrias e 12 clínicas. Para esse, ainda restam oito vagas voltadas, especificamente, para pequenas empresas da área da saúde.

Qualquer empresa pode contratar a consultoria de Gestão da Inovação.  Para ter direito ao subsídio, no entanto, é necessário se enquadrar nos critérios. Para mais informações, entre em contato com a equipe da consultoria pelo telefone (61) 3403-0874.

Texto: Dayane dos Santos

Foto: Cristiano Costa/Sistema Fibra

Assessoria de Comunicação do Sistema Fibra

Pesquisar

Processo Seletivo IEL - DF
Banner IEL - DF Vagas de emprego
Banner IEL - DF Vagas de estágio

Newsletter