Notícias

Caio Vieira de Mello assume o Ministério do Trabalho

Tomou posse na tarde desta terça-feira (10), em cerimônia no Palácio do Planalto, o novo ministro do Trabalho, Caio Luiz de Almeida Vieira de Mello. O desembargador aposentado assume o cargo no lugar de Eliseu Padilha, que ocupava a pasta interinamente desde 5 de julho, após a saída de Helton Yomura.

Na cerimônia, o presidente da República, Michel Temer, afirmou que a chegada de Vieira de Mello ao governo coincide com um momento de diversas conquistas vinculadas a questões trabalhistas, como a aprovação da reforma, no ano passado, e a retomada da criação de postos de trabalho.

“O ministro Caio Vieira de Mello é um nome de grande experiência e traz para a nossa equipe décadas de atuação na área jurídica, mas sobretudo na área da Justiça Trabalhista. Acumula um conhecimento valiosíssimo neste momento em que a necessidade maior do brasileiro e, portanto, a prioridade do nosso governo, é precisamente o emprego.” Segundo o presidente, em 2018 foram registradas mais de 380 mil carteiras de trabalho.

Em sua primeira fala a jornalistas, o ministro afirmou que atuará de forma técnica, avaliando todos os cenários que envolvem a pasta. “Como bom mineiro, vou examinar bem a situação, e as medidas serão tomadas com transparência”, disse. Em relação à Reforma Trabalhista, Vieira de Mello foi ponderado: “A adaptação vai se fazendo pela jurisprudência, e o tempo vai mostrando a vantagem ou a desvantagem. Se houver necessidade, haverá mudança também. Não vejo nenhuma necessidade de mudança no momento”.

O presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, esteve na posse e se mostrou otimista com a nova gestão. “Tudo indica que ele tem um posicionamento favorável às mudanças trabalhistas que foram feitas e que pretende, mais ainda, modernizar mais todas essas relações trabalhistas. Pelo conhecimento que tem, certamente vai fazer um grande trabalho.”

Posse do Ministro do trabalho Caio Luiz de Almeida Vieira de Melo

A cerimônia contou com a presença de ministros de Estado e de parlamentares. O presidente da Federação das Indústrias do Distrito Federal (Fibra), Jamal Jorge Bittar, também compareceu à posse para cumprimentar o novo ministro, acompanhado do diretor-secretário, Paulo Eduardo Montenegro, do diretor de Assuntos Institucionais e Governamentais, Walid Sariedine, e do diretor de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Marcontoni Montezuma. O diretor regional do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-DF), Marco Secco, e o superintendente do Instituto Euvaldo Lodi (IEL-DF), Claudio Tavares, também assistiram à cerimônia.

Vieira de Mello é desembargador aposentado e foi vice-presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região em 2008 e 2009. Ultimamente, atuava em um escritório de advocacia.

Entre as áreas de competência do ministro do Trabalho, segundo o Decreto nº 5.063, de 2004, estão as políticas para geração de emprego e renda e de apoio ao trabalhador e para a modernização das relações do trabalho, a fiscalização do trabalho e aplicação de sanções, a política salarial, a formação e o desenvolvimento profissional, a segurança e saúde no trabalho, a política de imigração e o cooperativismo e associativismo urbano.

Veja mais imagens da posse no link.

Texto: Aline Porcina
Fotos: Moacir Evangelista/Sistema Fibra
Assessoria de Comunicação do Sistema Fibra

BOTAO SITE PARA OC

banner indicadores

convalidacao botao 003

escritorio projetos IEL

epilepsia fibra

banner pro site catalogo