Energias renováveis - DMAS

Energias Renováveis

A matriz energética brasileira se destaca por ter uma larga participação de fontes renováveis, isso comparado a outros países pelo mundo, o que resulta em baixas emissões de Gases de Efeito Estufa - GEE por unidade de energia consumida no Brasil. Mas ainda existe uma longa jornada para se alcançar níveis maiores de utilização de uma matriz energética limpa, principalmente para atender ao compromisso assumido na COP 21, com a Contribuição Nacionalmente Determinada - NDC, que determina a participação de 45% de energias renováveis na composição da matriz energética até 2030.

O panorama exibe oportunidades à indústria, produtores de energia renovável e de equipamentos voltados ao setor. Ao mesmo tempo, traz o desafio de garantir a limitação tarifária e a segurança no fornecimento de energia aos consumidores industriais.

Principal Lei Distrital:

Lei nº 6.274, DE 27 DE FEVEREIRO DE 2019 - Institui diretrizes para a Política Distrital de Incentivo à Geração e ao Aproveitamento de Energia Solar, Eólica e de Biomassa e à Cogeração.

Pesquisa

banner indicadores

epilepsia fibra

banner pro site catalogo